Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um fenómeno chamado Youtube

por Tiago G. Sampaio, em 29.12.10

Novos attainments

A Google Inc. publicou recentemente alguns dados relativos à sua "subsidiária-estrela", o Youtube. 

Entre os de maior relevância encontra-se o facto de o website de partilha de vídeos mais famoso do mundo já receber diariamente 50.400 horas de uploads (35 horas por minuto)!

Isto significa que em apenas 2 anos o Youtube duplicou o número de horas de uploads diários.

 

Uma ideia brilhante

O website foi fundado em Fevereiro de 2005, em S. Bruno (Califórnia), por três ex-colaboradores da PayPal: Steve Chen, Chad Hurley e Jawed Karim. É actualmente um dos websites mais valiosos do mundo.

A sua função mantém-se a mesma desde que foi criado: fazer upload, partilha e visualização de vídeos usando o Adobe Flash Player.

 

 

Charlie bit my finger - o vídeo mais visto de sempre no Youtube (264.310.420 views)

 

A ferramenta que mudou o mundo

Actualmente o Youtube conta com vídeos de diversos tipos, desde clips amadores a clips de TV, música, humor e até religião. Foi o grande responsável pela expansão do video blogging e é uma tool essencial na comunicação online das empresas mais inovadoras. Veja-se o caso da Johnson & Johnson que comunica com as recém-mamãs através do seu canal JOHNSON'S® baby e atingiu em cerca de um ano mais de 2 milhões de visualizações.

Novos artistas foram descobertos através desta plataforma tais como Ana Free, Mia Rose, Charice ou Sam Tsui. Também Susan Boyle, Paul Potts ou Leona Lewis devem muito do seu sucesso à exposição no Youtube.

 

Susan Boyle - a sensação musical de 2009 (56.117.360 views)

 

Encontro de culturas

É inevitável que, num meio tão liberalizado como este, várias culturas se dêem a conhecer. Países como os EUA, Coreia do Sul, Reino Unido, Alemanha ou Brasil têm uma expressão forte nos conteúdos do website. Fala-se de cenários de guerra, de divisão de uns países e da união de outros, como é o caso da União Ibérica. Aqui ficam então algumas sugestões:

EUA - http://www.youtube.com/user/BreakingNYC

Coreia do Sul - http://www.youtube.com/user/jwcfree

Reino Unido - http://www.youtube.com/user/charlieissocoollike

Alemanha - http://www.youtube.com/user/HalfcastGermany

Brasil - http://www.youtube.com/user/MysteryGuitarMan?feature=chclk

Portugal - http://www.youtube.com/user/rtp?ob=0

Espanha - http://www.youtube.com/user/fcbarcelona

 

Proposta de Bandeira para a Ibéria - União de Portugal e Espanha (107.516 views)

 

Youtube em Portugal

Apesar de ter restrições autoriais em Portugal (ver site da SPA), os portugueses estão bem representados no Youtube sendo que os conteúdos que mais partilham são os relacionados com a música (Ídolos, Festival da Canção e artistas em geral), futebol (jogos, Benfica e Cristiano Ronaldo), cultura (sítios a visitar, comparações com Espanha ou Brasil) e entretenimento (bloopers, apanhados).

A principal desvantagem de não haver "Youtube Portugal" é a inexistência de estatísticas concretas relativamente aos canais dos seus usuários ou aos vídeos que estes publicam.

 

Cristiano Ronaldo - Freestyle Battle 2008 (19.810.516 views)

 

O Youtube tem sido um verdadeiro impulsionador da globalização. Por ser uma ferramenta que uso numa base diária e por bastante me enriquecer no meu processo de aprendizagem e conhecimento, decidi publicar este post e prestar homenagem a uma das maiores [se não a maior] invenções da década. Deixo, por fim, uma sugestão de vídeo, um dos melhores que vi até hoje:

 

Ken Robinson - Changing Education Paradigms (2.183.838 views)

publicado às 11:01


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Joana Miranda a 30.12.2010 às 14:17

Excelente! Adorei Tiago!!
Já sou fã do teu blog! :)

Imagem de perfil

De Tiago G. Sampaio a 30.12.2010 às 15:01

Obrigado Joana ;)

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D